Cirurgias de Contorno Corporal

Grupo de cirurgias plásticas que buscam a melhorar do contorno corporal, tornando-o delineado e mais jovem.

Lipoaspiração

É a cirurgia mais realizada no mundo e foi uma invenção genial do francês Illuz, em 1980. Nesses anos, evoluiu muito em detalhes, com cânulas mais finas e cortantes e com o desenvolvimento de algumas máquinas que visam diminuir o esforço físico da cirurgia: a vibro-lipoaspiração. Existem os que gostam e os que não gostam destas máquinas (por questão de conforto), mas o importante é que o resultado final é o mesmo, dependendo apenas do cirurgião ser bem treinado.

Quando as tão faladas "hidrolipos" são apenas peças de marketing, já que todos os cirurgiões usam infiltração em seus procedimentos. Quase sempre, querem se referir a pequenos procedimentos, feitos com anestesia local, sem anestesistas presente e fora de ambiente hospitalar, tirando, portanto, a assepsia e a segurança do procedimento.

Trata-se de uma prática condenada por todos que têm um mínimo de responsabilidade, tendo como único atrativo o baixo preço. Como prega o ditado popular frequentemente o "barato custa caro". As incisões para entrada das cânulas são de 1 cm, sempre disfarçados em locais de pouca exposição. O curativo em geral é uma cinta comprimindo a região operada.


 

Lipoescultura

A Lipoescultura é feita, utilizando-se a gordura lipoaspirada, para preenchermos regiões do corpo aonde se deseja aumentar o volume, ou corrigir defeitos, como, por exemplo, aumentar o volume dos glúteos ou corrigir depressões cutâneas causadas por celulites ou cicatrizes.

Lipoabdominoplastia

A abdominoplastia é utilizada quando, além do acúmulo de gordura (e mesmo sem esta situação), existe uma flacidez de pele, geralmente após gestação ou grandes perdas de peso.

A cirurgia consiste na ressecção deste excesso de pele, lipoaspiração maior ou menor na dependência do caso, e plicatura longitudinal da musculatura, visando tratar sua flacidez. A cicatriz resultante é maior que a da cesária (de 4 a 10 cm maior de cada lado) e pode ou não existir ao redor do umbigo. As técnicas atuais envolvem menor descolamento, com menores riscos e mais rápida recuperação. Em geral deve ser evitada se a paciente tem planos de engravidar.


 

Cirurgia Pós Bariátrica (após grandes emagrecimentos)

As cirurgias após grandes emagrecimentos (com ou sem cirurgia de estômago), além das mamoplastias e abdominoplastias já descritas, visam também ressecção de grandes excessos de pele, principalmente em braços e coxas.

São cirurgias com desenhos, técnicas e extensões muito variadas, na dependência do excesso de pele, e poderão ou não ser realizadas ao mesmo tempo em que outras. As cirurgias muito longas devem ser evitadas, pois aumentam muito o índice de complicações.


 

Gluteoplastia (Prótese de Glúteo)

Esta é, certamente, a cirurgia que tem tido o maior crescimento nos últimos anos. Novas técnicas (com as próteses intramusculares) e sua divulgação em vários cursos, têm permitido melhores resultados, grande diminuição da dor e de complicações.

A incisão é de ± 5 cm no sulco das nádegas, e o descolamento dentro do músculo glúteo. As próteses podem ser redondas ou de quartzo (alongadas) de acordo com cada caso. Não existem estudos que comprovem que as próteses precisem ser substituídas, se não apresentarem algum tipo de problema. Normalmente não há curativos. O índice de satisfação das pacientes é altíssimo.


 
51 99886-5533